22/03/2013

Vida

Paro. Arranco. Titubeante, volto a arrancar para, logo de seguida, voltar a parar. A isto, meus caros,  a isto chamo vida. Estamos na vida para vencer e esse é o meu único trilho. Como sei que estou nesse trilho não preciso de aprovação de ninguém, nem mesmo daqueles a quem chamo os meus. O que pensam os outros, o que acham sobre o que faço com a minha vida, isso nada, mesmo nada me interessa. Quero é ser feliz e a minha felicidade de mim depende. O que os outros dizem nunca me pode fazer mal, até porque o que os outros dizem com eles fica. O que passa para mim é apenas a minha interpretação do que os outros dizem,  a minha leitura do que os outros fazem. Se gosto da aprovação dos outros? Ah, pois, um sim muito grande. Sou. E apenas posso dizer que sou porque existo em comunidade, logo os outros interessam. O trilho da vida de cada um pode ser diferente mas tem o mesmo destino: a felicidade, a qual, digam o que disserem os outros, se mede pelo sorriso que levamos.

1 comentário:

  1. " a felicidade, a qual, digam o que disserem os outros, se mede pelo sorriso que levamos" - este foi, para mim, o texto com o qual me identifico mais.
    Vês como tens um dom?
    Se é para sorrir que cá estamos, então que venha a vida, que nós a sorrir a esperamos :)

    http://saladosilenciocorderosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar