29/01/2013

A razão

Tudo bem, até pode estar agora provado que tens razão, pelo menos à luz desta lei, a das coisas palpáveis. Vivo e sinto para lá da razão, vivo mais pela vida vivida do que pela razão. Não chego ao final do dia e penso: - tive razão em tudo o que disse, em tudo o que fiz? Sou mais daquelas pessoas que ficam satisfeitas por viverem uma vida preenchida, cheia de coisas - boas e más. Não vamos agora reflectir sobre "as coisas" que preenchem a vida (fica para uma outra vez) mas "coisas" é um todo feito de coisas complexas, como também das mais simples como respirar...

2 comentários: